HOME OFFICE HOME 








Durante meses, queria lançar este projecto, mas sem saber bem como. Um dia mandei todo o conteúdo ao Pedrinho Fonseca, meu amigo-irmão-fotógrafo-escritor-pai-coração-bom. Silêncio por um tempo. 15 minutos depois, me mandou este texto.

E, assim, de repente, todas as dúvidas sumiram e senti que, com esse texto, fazia sentido fazer e colocar no mundo essa ideia.

E aqui está.





“O fotógrafo Gui Nunes está a registrar, em cada reunião em salas virtuais que participa, aquilo que respira, ainda humano, em nossos distanciamentos, confinamentos, isolamentos.

A fotografia como exercício de enxergar o exílio de cada uma e de cada um que - ao se deparar com os espelhos-tela — ainda consegue admirar os rostos das outras pessoas tal qual o nosso rosto se revela a elas, nos sorrisos, seriadades, distrações e focos.

Home Office Home é um trabalho-prefácio. Inconcluso. Por não sabermos quando isso termina. Por não sabermos como isso termina. Por não sabermos se isso termina.

É um convite a continuarmos nos enxergando profundamente. Mesmo sem saber quando, como e se isso termina.”

2020, gnunes.net